É! Nunca havia pensado nisso.

Hoje em dia, devido a quantidade de informação olhamos tanto para fora, para o nosso trabalho, nossas tarefas diárias, nossa família, filhos amigos e por aí vai … redes sociais.

E deixamos de olhar para dentro de nós mesmos.
Despertar para olhar em nosso íntimo, nos revela quem verdadeiramente somos, muitas vezes estamos como aquela casa desocupada, estamos empoeirados, e quando limpamos a casa fica, cheirosa, linda, perfeita colocamos cada coisa em seu lugar e aí iniciamos uma nova JORNADA.

A bíblia nos revela em Mateus 12:34 “a boca fala do que está cheio o coração”.

Pautadas na relação da casa desocupada e na verdade da Bíblia podemos retirar algumas lições preciosas:

  • O que pensamos sobre nós mesmos que nos fortalece?
  • O que pensamos sobre nós que tem nos impedidos de alcançar nossos objetivos?
  • O que temos alimentado em nosso coração para frutificar e espalhar ao nosso redor?
  • Como espero estar daqui a 2 – 5 – 10 anos?
  • Quais forças tenho utilizado para buscar meus objetivos?

Diante destas reflexões é natural percebermos que somos aquela casa limpa, arrumada e que muitas vezes não damos conta da beleza única que é cada ser humano.

Único de potencialidades, de histórias e de emoções que bem trabalhadas podemos utilizar todos os talentos que nos foi proporcionado para vivermos a vida que almejamos.

Não me fale de mudança, faça!

Todos nós já sentimos desejo de mudar algo em nossa vida. É comum perceber que atitudes comuns do dia a dia não nos leva ao próximo patamar.

E por que ir ao próximo patamar?

Aqui a relação é simples, PARA ENCONTRAR SENTIDO EM NOSSAS VIDAS.

Mas porque é tão importante encontrar sentido?

Enquanto levamos a vida de maneira cotidiana, sem entender por que fazemos o que fazemos e o que nos faz verdadeiramente completos, seremos engolidos pelos dias, meses e anos e não teremos energia suficiente para focar e encontrar nossa melhor versão.

E falar em melhor versão não é apenas profissional, financeiro, conjugal, é quando me determino a ter objetivos fortes e que impulsiona a sermos melhores em todos os âmbitos.

Pontos importantes para irmos em direção ao próximo patamar:

1- Ter clareza do que quero transformar e analisar o ponto favorável da mudança não só a nós mesmos, mas aos que estão ao nosso redor.
O foco é muito maior quando penso no coletivo, somos seres completos quando estamos pensando em um contexto maior além de nós mesmos.

Ex: Quando eu era adolescente queria comprar um carro, pois entendia que ajudaria minha família, quando conquistei aquele objetivo tinha a sensação de Gratidão, por poder oferecer as pessoas que me cercavam este benefício.

2 – Anote o que você quer, esmiúce os detalhes do seu objetivo, quanto mais detalhes, melhor. Somos peritos em saber o que não queremos e muitas vezes não focamos naquilo que queremos. É muito comum as pessoas dizerem, não quero este peso! Ao invés de ter claro o corpo que deseja. Quando desejo este corpo, e como me sentiria se já tivesse com este peso/corpo tão desejado.

3 – Neutralize os sentimentos negativos.
Durante anos o “Dr. Maltz” estudou as mudanças ocorridas na personalidade de seus pacientes após ele ter removido cicatrizes ou deformidade por meio de cirurgia plástica. Durante este estudo ele percebeu que muitos após a cirurgia desenvolveram imediatamente uma boa imagem de si mesmos, tonando-se felizes e confiantes. Mas muitos ainda se sentem inferiores, deprimidos como sentiam antes da cirurgia. Nossa autoimagem está totalmente relacionada com nossos resultados.
* Fonte: A universidade do sucesso OG Mandino.

4 – Faça pequenos Marcos estratégicos para mensurar sua mudança.
Quando não mensuramos algo perdemos a capacidade de corrigir alguns desvios, e muitas vezes o resultado é a frustração.
As pequenas vitórias, envia ao nosso cérebro o quanto estamos comprometidos e reforça nossa energia para irmos passo a passo ao nosso objetivo maior.

Aproveite esta leitura e planeje hoje mesmo um pequeno ato; algo que deseja mudar, comece hoje! Agora, não deixe para depois.

E entenda que onde estivermos somos referência para alguém: filho, irmão, colaborador; e na maioria das vezes as pessoas deixam de OUVIR o que falamos e passam a OUVIR o que fazemos.

Dizer NÃO, remédio para a alma !!!

Porque temos tanta necessidade de ABRAÇAR O MUNDO (como diz minha mãe).
É muito comum pessoas atarefadas dizer sim a outras atividades comprometendo assim seu desempenho, sua energia e sua produtividade.

Existem técnicas importantíssimas para uma boa gestão de tempo que nos leva a saber dizer NÃO quando necessário.

Vamos refletir… Já aconteceu alguma vez com você de assumir mais uma tarefa no seu dia que no final das contas teve que abrir mão de algo importante para você e ao terminar seu dia, conclui que o que era importante para você foi postergado.

Vejo essa historinha se repetir muito tanto em empresas como em lares, onde para facilitar a vida das outras pessoas acabam se esgotando e ficando com a sensação de que nada está bom, que sempre tem algo a melhorar.

Importante levar em consideração alguns pontos:

  • Dizer sim para as tarefas não quer dizer que está ajudando, muitas vezes estamos deixando com que outras pessoas assumam menos responsabilidades impedindo seu crescimento.
  • Dizer Não! é vivenciar seus sentimentos com fidelidade. Já vi muita gente dizendo SIM, quando queria dizer NÃO ficando com mal estar de aceitar atividade que não estava no seu cronograma.
  • É comum pessoas dizer que tem medo de dizer NÃO!

Ledo engano, pois posicionar-se é dizer ao outro o quanto se AMA e respeita seus limites.

Você tem dificuldade em comunicar-se e vive aceitando tarefas que percebe que foi um erro? Convido você em sua próxima tomada de decisão refletir e assim concluir seu dia com a sensação de tranquilidade e bem estar consigo mesmo.